Foto: Internet

Dias após o presidente Temer anunciar aumento de impostos nos combustíveis, dizendo que o povo iria entender, o Senado anuncia contrato de 85 carros por 30 meses no valor 8,3 milhões. Como no Brasil desgraça pouca é bobagem, o Ministério Público Federal (MPF) aprova ajuste de 16% no salário dos procuradores no dia (25), como entender o aumento de impostos justificando o rombo na Previdência se os gastos do governo só aumentam, em quanto a maior parte da população recebe salário mínimo e trabalha um terço do ano só para pagar impostos.

Não seria hora de se aliviar a corda do pescoço dos que mais sofrem em favor desse pais que nãos os reconhece como seus verdadeiros heróis, como filhos dignos de honra e respeito, já que se sacrificam horas de suas vidas longe de casa para trazer o sustento da família, e consequentemente pagar a alta carga tributária da nação, o pilar deste país.

E de causar repulsa desse governo que não se importa em sacrificar seu povo, em troca de luxo e regalias as custas de um povo sofrido e sem voz, repudiamos veemente o sacrifício do lado mais fraco (povo), em quanto o governo não abre mão de suas regalias custeadas com o suor do povo.

Texto de Jamerson Silva,

Deixe uma resposta