As coligações e partidos que irão disputar a eleição suplementar em 6 de agosto entraram em acordo para adiar em um dia o início da propaganda eleitoral no rádio e TV, programada para iniciar nesta segunda-feira. Com o acerto, realizado em reunião na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) no último sábado, as inserções dos candidatos e os programas eleitorais começam a ser divulgados, hoje.

De acordo com o secretário Judiciário do Tribunal, Waldiney Siqueira, o acordo foi discutido entre os próprios candidatos e o Sindicato das Empresas de Radiodifusão do Estado do Amazonas (Sinderpam).

“O prazo para entrega das mídias era até a sexta-feira, mas os efeitos da portaria que restabeleceu as eleições começou no sábado, por isto, as emissoras de recusaram a receber as mídias na sexta. Por causa disto, os partidos procuraram o TRE e convocamos a reunião, em que o Sinderpam e os partidos entraram em consenso para que a propaganda iniciem na terça, e as mídias podem ser entregues até esta segunda-feira”, explicou o secretário.

Segundo resolução do TRE, as propagandas eleitorais gratuitas em rede para o cargo de governador e vice-governador serão exibidas entre os dias 10 de julho e 3 de agosto, distribuídas na seguinte forma:  os programas terão duração de dez minutos e serão veiculados nas terças, quintas e sábado às 12h e 19h30 na TV e às 7h30 e 11h30 no rádio. As inserções de até 30 ou 60 segundos serão veiculadas se segunda a domingo ao longo da programação da TV e rádio das 5h a meia-noite.

Fonte: D24.

Deixe uma resposta