Foto: Divulgação/Internet

O decreto legislativo (PDL) 495/20, suspendeu o anúncio da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que foi publicado dia 30 de novembro, que determinou que a conta de luz do mês de dezembro teria bandeira vermelha.

O projeto que tramita na câmara dos deputados, foi apresentado pelo deputado André Figueiredo. Figueiredo lembra que em maio a Aneel afirmou que seriam adotadas as bandeiras verdes, ou seja, que não teria cobrança extras.

Para ele, retomar com a bandeira vermelha prejudica a população em um momento de caos com aumento de casos de COVID-19. “O Brasil atravessa um período crítico da pandemia, com tendência crescente de número de casos e de óbitos. Essa situação pode impactar negativamente na atividade econômica, e, assim, aumentar ainda mais o nível de desemprego, que já se encontra em um patamar alarmante”, disse Figueiredo.

Deixe uma resposta