O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, inaugurou nessa segunda-feira (28/12), a clínica da família Professor Carlson Gracie, no bairro Nova Cidade, zona Norte, com capacidade para realizar 17 mil atendimentos por mês, aproximadamente.

De acordo com o prefeito, a nova unidade já começa a funcionar nesta terça-feira, 29/12, com atendimento preferencial a pessoas com sintomas da Covid-19. “É uma Unidade Básica de Saúde do tipo 4, com tudo o que a saúde da família precisa e vai ajudar muito no combate à Covid-19 e em um momento em que a pandemia dá sinais de novo agravamento”, disse o prefeito Arthur Neto”.

Estrutura da unidade

A unidade Professor Carlson Gracie funcionará de segunda a sexta-feira, no horário de 7h às 18h, com profissionais médicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, dentre outros, com o compromisso de oferecer assistência de qualidade e assegurar a promoção à saúde da população usuária, para todos os ciclos de vida.

 Instalações

A clínica apresenta instalações modernas e acolhedoras, possibilitando a ampliação do acesso e resolutividade nos serviços da Atenção Básica preconizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo uma extensa carteira de serviços com consultas médicas, odontológicas, farmacêuticas e de enfermagem, procedimentos odontológicos, curativo, além de serviços de apoio e diagnósticos, que inclui coleta de exames laboratoriais.

Contudo, a prioridade nesse momento, será o acolhimento dos usuários que apresentam sinais e sintomas compatíveis com síndrome gripal ou Covid-19.

Homenagem 

Carlson Gracie, que dá nome a nova unidade de saúde de Manaus, foi um mestre de jiu-jitsu brasileiro, primogênito do introdutor da arte marcial no Brasil, Carlos Gracie. Carlson iniciou sua carreira como lutador profissional aos dezesseis anos de idade, em um evento contra Waldemar Santana. Nasceu em 13 de agosto de 1932, no Rio de Janeiro, e morreu em 1º de fevereiro de 2006. Deixou uma grande história e legado e suas academias continuam formando campeões no esporte, sendo reconhecido, principalmente, por sua generosidade e seu grande coração.

*Reprodução

Deixe uma resposta