A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (ANPC) informou nessa quinta-feira (5) que a urna eletrônica é segura e não há evidências de fraude.

A entidade representa peritos da Polícia Federal e segunda ela, “até o momento, não foi apresentada qualquer evidência de fraudes em eleições brasileiras”, informou em nota.

A entidade informou ainda “confiança no processo eleitoral, tendo a certeza de que o voto eletrônico trouxe importantes avanços, dentre eles o afastamento dos riscos decorrentes do voto em cédula”.

O texto foi divulgado um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter incluído o presidente Jair Bolsonaro em inquérito das fake news por ataques às urnas eletrônicas. Após a inclusão, Bolsonaro ameaçou agir fora da Constituição.

Deixe uma resposta