Ana Carolina, mãe de Isabella Nardoni, enviou uma mensagem de apoio e solidariedade a Leniel Borel, pai do pequeno Henry. Ambos os casos, que resultaram na morte das crianças, chocaram o país.

“É difícil não ter acompanhado o caso, não ter visto a proporção das coisas nos últimos dias, a crueldade. Por diversos momentos, me senti de novo na mesma situação que ele. Sei que, quando recebemos uma mensagem de apoio de uma pessoa que passou por algo semelhante, dá um conforto. E também sei que nada, absolutamente nada, vai mudar a tristeza desse pai, mas podemos oferecer ao menos um alento para seu coração”, disse em entrevista ao Globo.

“Falei que eu estava do lado dele e que ele precisa ter forças porque tenho certeza, depois de tudo que vivi, que nossos filhos tinham um propósito de vida, tinham mensagens a deixar para o mundo. Nós achamos que tamanha crueldade, tamanha comoção não são à toa”.

Ana Carolina também falou sobre a semelhança dos casos. “Muitas pessoas estão comparando nossos casos, por se tratar de uma família, de um casal, de criança com idade próxima, além da repetição do grau de crueldade e de supostas mentiras. Mas o que me choca é ver, de novo, quem deveria cuidar, zelar, dar amor e atenção, não fazer isso. O dia em que eu realmente consegui me inteirar do caso, doeu muito meu coração. É uma mistura de tristeza e de raiva ao ver tamanha dissimulação. Um sentimento que não dá para explicar”.

 

Deixe uma resposta