Como parte das ações do Plano Verão, lançado na ultima quarta-feira (28) pelo governador Wilson Lima, o Governo do Amazonas está investindo R$ 20 milhões em serviços de manutenção e recuperação de trechos críticos de vicinais, no perímetro rural de Manaus. Além destes recursos, o Estado também deu início, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), às obras de recuperação de quatro ramais, situados no Km 02 da rodovia BR-174.

 

Durante a solenidade de lançamento do Plano Verão, na comunidade Novo Paraíso, na zona rural da capital, o governador Wilson Lima ressaltou os benefícios da ação para agricultores e produtores rurais.

 

“Hoje nós estamos lançando um pacote para recuperar trechos de ramais que dificultam a passagem de veículos. É um atoleiro, uma ladeira, uma ponte que precisa ser recuperada. Com todo esse pacote, principalmente na área de infraestrutura e que beneficia o setor primário, estamos gerando algo em torno de 120 mil empregos diretos e indiretos, nesse ano de 2021 e também no ano de 2022”, destacou o governador.

 

Ele enfatizou também que o trabalho executado pelo Estado garante dignidade às comunidades beneficiadas.

 

“A qualidade do asfalto que a gente está colocando aqui, o alargamento da pista, o sistema de drenagem, vão trazer uma segurança para quem está aqui. A trafegabilidade e o trânsito melhor vão garantir o escoamento dessa produção, mas a gente está trazendo, acima de tudo, respeito e dignidade para essas pessoas que há muito tempo esperaram uma ação do poder público”, acrescentou Wilson Lima.

 

O produtor de alface José Carvalho, da comunidade Novo Paraíso, destaca as vantagens que o investimento leva à população local.

 

“O nosso dia a dia aqui era bastante difícil, porque a estrada não ajudava, tínhamos bastante dificuldade para escoar nosso produto até a feira. Mas, agora, com a chegada da ajuda do Governo do Estado, estamos esperançosos que tudo dê certo e possamos ter mais facilidade para escoar nosso produto até as feiras e mesas dos consumidores”, disse o agricultor.

 

SOS Vicinais – O programa é executado pela Secretaria Executiva Adjunta de Política Agrícola, Pecuária e Florestal, vinculada à Secretaria de Produção Rural (Sepror), e tem verba estimada de R$ 20 milhões para realizar serviços de terraplanagem, limpeza nas laterais, remoção de material imprestável, escavação e carga de material, compactação de aterro, regularização do subleito, sub-base e base.

 

Recuperação de ramais – Por meio da Seinfra, está em execução o pacote de obras de mobilidade que engloba os ramais Cláudio Mesquita (4,81 quilômetros); Sol Nascente (1,98 quilômetros); Frederico da Veiga (3,48 quilômetros); e Novo Paraíso (5,43 quilômetros); além de uma rotatória.

 

O contrato contempla a realização de serviços de terraplenagem, compactação de aterro, pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ); drenagem superficial e profunda; e sinalização horizontal e vertical.

 

Nesta etapa, o ramal Sol Nascente recebe serviços de terraplenagem, base e sub-base. O ramal Frederico Veiga recebe serviços de drenagem profunda. No ramal Novo Paraíso, estão em execução os serviços de levantamento topográfico e limpeza. Já o ramal Cláudio Mesquita, por se tratar de uma via de acesso aos outros três ramais, será o último a ter os serviços executados.

 

A previsão de conclusão dos serviços nos quatro ramais é para novembro deste ano. Além da pavimentação dessas vias, o contrato contempla uma rotatória que dará acesso aos ramais e facilitará o tráfego entre as comunidades situadas nas áreas de influência.

 

“São obras que vão dar uma nova cara, uma nova visão de progresso para essa região. Nós devemos entregar essa obra, se Deus quiser e se o verão assim permitir, até o fim deste ano”, disse o titular da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

 

O investimento em ramais rodoviários e estradas, desde 2019, é de R$ 211,20 milhões.

 

Título de terra – Wilson Lima anunciou ainda que o Governo do Estado está atuando para entregar títulos definitivos de terras para moradores das comunidades rurais por onde passa o ramal Novo Paraíso.

 

“Estamos priorizando agricultores. A gente está nesse processo de mapeamento, de identificação das propriedades, para a gente dar esse documento definitivo para essas pessoas. Nós temos um programa chamado Título Certo, em que a gente está entregando nas comunidades, nos municípios – principalmente ali no Sul do Amazonas – e também aqui na Região Metropolitana, além da capital. A propósito, para a capital já tem títulos prontos de alguns bairros que a gente começa a entregar a partir de agosto”, observou o governador.

Deixe uma resposta