O repositor Jefferson Monteiro Soares, 30, foi espancado até a morte na madrugada deste domingo, 30.

O corpo do rapaz foi encontrado pouco antes de amanhecer, no terreno da Minivila Olímpica do bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus.

Uma ex-presidiária conhecida como “Suzana”, que foi companheira de Jefferson durante algum tempo, é apontada como mandante do crime.

Jefferson teria sido arrastado por vários homens, de uma rua perto de sua casa no bairro Armando Mendes, para o terreno da Minivila Olímpica, onde foi espancado até a morte.

Os assassinos teriam batido com um pedaço de pau na cabeça e outras partes do corpo de Jefferson Monteiro.

 

Moradores encontraram o corpo e chamaram a polícia

O pau sujo de sangue, que foi usado como principal arma do assassinato, foi encontrado no mesmo terreno por policiais militares.

O bombeiro hidráulico Jorge Monteiro, 53, pai de Jefferson, contou para a polícia que ele vivia em constantes brigas com a ex-presidiária e da última vez foi ameaçado de morte por ela.

A equipe de policiais da Delegacia de Homicídios e Sequestros, que esteve no local do crime, tentou localizar “Suzana” para interrogá-la mas a ex-presidiária não foi encontrada.

Um inquérito policial foi instaurado e o assassinato do repositor já está sob investigação.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 

 

 

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta