Um homem de 48 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (23), por ter estuprado a própria enteada, que na época, tinha 10 anos, no bairro Redenção, zona centro-oeste de Manaus. Ele foi condenado pela justiça a cumprir prisão em regime fechado, de 23 anos e quatro meses.

De acordo com a Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca), ao chegarem na casa do padrasto da criança, os familiares alegaram que ele tinha feito uma viagem e não estava no local.

Os policiais civis juntamente com a delegada titular da Especializada, Joyce Coelho, fizeram as buscas pela casa, quando o encontraram escondido dentro de um guarda-roupa. Ele foi detido e levado até a sede da Depca para os procedimentos cabíveis.

Hoje, a vítima possui 21 anos e está sob a tutela da avó materna. A mãe da menina faleceu durante os abusos feitos pelo padrasto.

O crime

Ainda segundo a Depca, o crime aconteceu quando a vítima tinha quatro anos e durou até seus dez anos, quando resolveu contar para uma colega de escola, que estava sendo abusada pelo pai adotivo, no ano de 2009.

O homem começou com atos libidinosos com a criança e após o falecimento da sua mãe, iniciou com os abusos na menina, já que ela estava sob sua tutela. A Justiça condenou o homem em 23 anos e quatro anos em regime fechado.

*Reprodução

Deixe uma resposta