Dando continuidade as lives que realiza toda semana para falar sobre seus plano de governo, os candidatos a prefeito e vice de Autazes, Thomé Neto e Emilson Sales, falaram nessa quarta-feira (07/10) sobre os projetos voltados à área de saúde. 

“O principal desafio da nossa gestão será criar um novo hospital com 40 leitos. Um hospital bem estruturado, com laboratórios que possam dá agilidades na realização dos exames, pois a demora em entregar os resultados às vezes pode causar grandes estragos na vida do cidadão”, disse Neto.

Outro ponto importante que os candidatos frisaram foi a questão da saúde da mulher, eles destacaram o quanto é importante ter acesso básico aos exames como preventivo, mamografia dentre outros, um dos projetos é levar buscar parcerias para levar a “Carreta da Mulher” até a cidade, para facilitar esse acesso e que elas não precisem ir até Manaus para realizarem esses exames. 

“Vamos transformar o atual hospital em uma maternidade para que as mães tenham um atendimento de qualidade. Criaremos novas Unidade Básica de Saúde (UBS), para que assim as filas possam diminuir  e que a população não necessite acordar às 4h da manhã para tentar pegar uma ficha de atendimento”, destacou o vice Emilson Sales. 

Já os projetos para as comunidade é reabrir as UBS e abastecê-las com remédios. Assim como levar uma equipe médica a cada quinzena para atendimentos às famílias ribeirinhas. 

“Iremos dar estruturas melhores para que nossos profissionais possam trabalhar, porque temos muitos profissionais competentes, no entanto falta a valorização deles. Vamos dar oportunidade dos filhos daqui servirem ao município também”, neto.

Pensando no bem-estar da população que precisa viajar para Manaus em tratamento de saúde, Thomé Neto reforça o compromisso de criar uma “Casa de Apoio” em Manaus, com intuito de acomodar os pacientes e seus acompanhantes. 

Thomé Neto lembrou da importância de ter o apoio de deputados como Roberto Cidade, Alessandra Campelo para que os projetos possam se concretizar de forma mais rápida.

Deixe uma resposta