Na madrugada dessa segunda-feira (23/11), uma criança indígena de 5 anos, que pertencia à etnia Sateré Mawe, foi sequestrada, estuprada e morta por um adolescente de 16 anos. O caso aconteceu na Comunidade Nova Vida, no Rio Andirá, município de Barreirinha.

Segundo informações de policiais do 1º Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Barreirinha, o crime ocorreu por volta das 4h30, quando infrator e um comparsa, ainda não identificado, invadiram a casa da vítima, pegaram a criança e a levaram para uma área de mata.

A guarnição só foi acionada por volta das 12h do mesmo dia. Ao chegarem na comunidade indígena, os policiais encontraram populares imobilizando o suspeito. A equipe do 1º GPM conversou com o adolescente, que assumiu o crime e a levou até o local onde enterrou a vítima.

Após a constatação do crime, os policiais militares encaminharam o adolescente para a 42ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), no município de Barreirinha, para os procedimentos cabíveis. A Polícia Civil procura o comparsa do adolescente.

Deixe uma resposta