A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, revelou nesta sexta-feira (13) que foram confirmados os dois primeiros casos do novo coronavírus, que provoca a Covid-19, no país.

Os pacientes são uma mulher, de 41 anos, que esteve recentemente nos Estados Unidos, Itália e Espanha; e um homem, de 52 anos, que esteve em território espanhol, segundo afirmou a número 2 do governo liderado por Nicolás Maduro, em entrevista coletiva.

Rodríguez garantiu que as duas pessoas moram no estado de Miranda, na região central da Venezuela, e garantiu que ambas estão dentro do protocolo clínico, sou seja, isolados. Os contatos diretos deles estão sendo investigados.

A vice-presidente solicitou, inclusive, que os passageiros dos voos procedentes da Espanha, pela companhia Iberia, que chegaram de Madri entre 5 e 8 de março, entrem em quarentena obrigatória.

Rodríguez ainda anunciou que as aulas em todo o país ficarão suspensas a partir da próxima segunda, em todos os níveis educacionais e que será adotado um método de tarefas aplicadas à distância.

Na quinta-feira (12), todos os voos provenientes da Europa e Colômbia já estavam suspensos, como precaução para evitar a importação de casos. O sistema de saúde local, além disso, foi colocado em estado de emergência.

*Com informações da Agência EFE

Deixe uma resposta