O corpo de uma mulher foi encontrado amordaçado, com as mãos amarradas e carbonizado,  na manhã desta segunda-feira (31) em um barranco, na rua B, conjunto Canaranas, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

De acordo com testemunhas, os suspeitos atearam fogo no local, que é usado como lixeira, por volta das 1h de hoje. Moradores acionaram o corpo de bombeiros, mas acabaram apagando o fogo usando baldes e bomba d’água.

Segundo uma dona de casa de 47 anos, moradora do local, durante a madrugada, foi ouvida uma explosão. “Nós ouvimos um barulho como se fosse uma bomba, depois vimos o fogo se espalhando. Só saímos de casa quando vimos uma viatura da Polícia, foi então que chamados o Corpo de Bombeiros que demorou a chegar. e nós mesmos tivemos que apagar o fogo. Só agora pela manhã que eu fui ver o que havia queimado e vi que era um cadáver”, relatou a testemunha.

Conforme um soldado da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que foram acionados pela moradora pelo 190 (disque-denúncia), o barranco onde o corpo foi encontrado, fica próximo a uma invasão, onde há intenso tráfico de drogas. O soldado informou que o crime pode ter ligação com briga de traficantes. “Nessa invasão o tráfico e briga por território é intenso. A vítima ainda não foi identificada, então não sabemos a motivação”, disse.

Uma perita criminal do Instituto de Criminalística, afirmou que o corpo foi completamente carbonizado e não tem há afirmar ainda se ela está com as pernas ou não. “O corpo vai ser encaminhado ao IML para exames e identificação da  vítima”, informou.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros  (DEHS).

 

Fonte: Em Tempo

Deixe uma resposta