Após a notícia da condenação do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva, por Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, o principal índice da bolsa de valores de São Paulo disparou e o dólar ampliou a queda em relação ao real – a moeda já operava em queda, em meio ao otimismo com a aprovação da reforma trabalhista no Senado, na véspera.

DÓLAR:

Às 14h49, a moeda dos EUA caía 1,32%, cotada a R$ 3,2102 para venda. O diretor de investimentos da Gradual Investimentos, Pedro Coelho Afonso, disse que o mercado reagiu à notícia já mirando as eleições de 2018, ainda de olho na possibilidade de aprovação da reforma da Previdência. “Agora, aparentemente, o Lula é carta fora do baralho”, disse em entrevista ao G1.

Afonso comentou ainda que, mais cedo, em meio aos desdobramentos da denúncia contra o presidente Michel Temer, os mercados não reagiram com tanta força. “O Temer acaba parecendo uma escolha do mercado financeiro, mas, na atual conjuntura, devido a toda essa turbulência, ele seria o ‘menos pior’, pelo menos para terminar esse governo até a próxima eleição”.

IBOVESPA:

Bovespa dispara com notícia da condenação de Lula (Foto: Reprodução/B3)

O Ibovespa, que avançava 0,25% em torno de 13h15, passou a subir mais de 1% por volta das 14h, quando a informação foi divulgada.

Pouco depois, o mercado devolveu parte da alta, mas ainda operava em patamar superior à manhã. Às 14h34, o Ibovespa subia 1,01%.

Deixe uma resposta