Nessa quarta-feira (30/09), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou uma parceria com WhatsApp, Facebook e Instagram para combater disseminação de fake news, que são as notícias falsas, repassadas em massa, principalmente, no período de eleição.

Além disso, a parceria também será para divulgar medidas de segurança para o combate a Covid-19 durante as eleições municipais deste ano.

No evento virtual que contou com a participação do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, e de representantes da três redes sociais, foi comunicado que o WhatsApp disponibilizará um canal de comunicação.

De acordo com o ministro Luís Roberto Barroso, as plataformas devem fazer valer suas regras de conteúdo para evitar o uso abusivo dos serviços, o que é ainda mais importante em períodos eleitorais.

“Agradeço o espírito de cooperação e enfatizo a importância dessa parceria para o TSE, para a democracia brasileira e para o país de uma maneira geral”, disse o ministro, ao fazer referência à revolução digital e ao espaço que as plataformas ocupam na vida das pessoas.

Ele lembrou que, infelizmente, esses meios são utilizados com maus propósitos para obter vantagem ilícita, para difamar pessoas, desconstruir componentes essenciais da democracia que é a informação verdadeira.

O canal será para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que é proibido.

Deixe uma resposta