Rosielle Soares da Silva, ex-secretário de Educação do Amazonas, foi eleito pelo presidente Michel Temer como novo Ministro da Educação, na última quarta-feira (4).

Mendonça Filho, que deixou o MEC para concorrer as eleições, indicou  Maria Helena Castro (PSDB), mas o nome não foi aceito por Temer já que o partido da indicada deixou a base aliada.

Ainda surgiu o nome do deputado federal Carlos Melles (DEM), mas foi descartado pelo presidente com o intuito de evitar uma ligação por indicação política.

A posse de Soares está prevista para a próxima segunda-feira (9).

Deixe uma resposta