Uma cena lamentável de intolerância envolvendo uma mulher que se dizia “serva de Deus” foi registrado Cuiabá, no Mato Grosso. A mulher espancou um homem gay, funcionário de uma agência de turismo alegando que vítima teria que morrer por causa da sua orientação sexual.

As agressões foram filmadas e rapidamente o vídeo viralizou na internet, gerando revolta entre os usuários das redes sociais, que não concordaram com a ação da suposta religiosa.

No vídeo a mulher afirma que acima dela “só Deus”, e faz vários comentários homofóbicos. A gravação foi feita por pessoas que passavam pelo local, acompanhando o rapaz agredido. Eles estavam em uma rodoviária, em frente ao local de trabalho da vítima.

A vítima tentou escapar da mulher entrando na loja que trabalhava. No entanto, a agressora perseguiu o rapaz com uma barra de ferro, tentando espancá-lo.

Em desespero, ele pediu para a mulher parar com os ataques e se afastar dele.

Assista ao vídeo:

https://twitter.com/i/status/1277593908608933896

O Fuxico Gospel*

Deixe uma resposta