Nesta sexta-feira (23/10), a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) se manifestou sobre o caso do funcionário preso após ser flagrado consumindo pornografia infantil nos computadores de uma policlínica no Centro da capital.

Em nota, a instituição afirma que acompanha o caso e que abriu sindicância para apurar as circunstâncias e também a conduta do servidor em questão.

A Polícia Civil encontrou conteúdos de sexo explícito envolvendo crianças nos equipamentos da Policlínica Gilberto Mestrinho. Os computadores foram apreendidos na tarde de ontem (22) e passarão por perícia.

Os próprios policiais ficaram impressionados com material achado e classificaram as imagens como “horríveis”. O homem permanece preso e detalhes da operação devem ser apresentados hoje em entrevista coletiva.

Deixe uma resposta