O governo do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) repassou R$ 7,5 milhões que foram doados por um dos maiores frigoríficos de carne bovina do país, a Marfrig, especificamente para a compra de testes rápidos da Covid-19, para o programa Pátria Voluntária, liderado pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.​ As informações são da Folha de São Paulo.

No Twitter, o assunto já é um dos mais comentados com mais de 82,5 mil menções.

O programa liderado por Michelle repassou dinheiro do Arrecadação Solidária, sem edital de concorrência, a instituições missionárias evangélicas aliadas da ministra Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos), para a compra e distribuição de cestas básicas. Os R$ 7,5 milhões da Marfrig representam quase 70% da arrecadação do programa até agora —R$ 10,9 milhões.

Na ocasião das doações para os testes de Covid, a empresa citou o Ministério da Saúde e celebrou o gesto. “Esperamos que nossa iniciativa seja seguida por outras companhias brasileiras”, disse o presidente do conselho de administração da empresa, Marcos Molina.

A empresa também lembrava que, um dia antes, em 22 de março, o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que o governo tentaria firmar parcerias com a iniciativa privada para financiamento de parte das compras dos kits.

Com informações: Folha de São Paulo

Deixe uma resposta