Um grupo de professores protestou em frente à sede do Governo do Amazonas, na Avenida Brasil, Zona Oeste de Manaus, na manhã desta quinta-feira (1). O ato é contra o retorno das aulas presenciais do ensino fundamental, que retomaram na quarta (30).

Em frente à sede do Governo, os professores simulam corpos de pessoas mortas em razão da covid-19. Eles também exibiam faixas, gritavam palavras de ordem e fixaram cruzes.

Além da volta das aulas, os professores também fizeram críticas em relação à aplicação dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

O Amazonas foi o primeiro estado do País a reabrir escolas da capital em meio à pandemia do novo coronavírus. Cerca de 60 mil estudantes da rede privada voltaram às escolas no dia 6 de julho, e cerca de 110 mil alunos do ensino médio da rede estadual retornaram no dia 10 de agosto. As atividades da rede municipal, na capital e no interior, seguem suspensas.

*G1

Deixe uma resposta