Na tarde desta quarta-feira (2), Augustinho Rodrigues Saraiva Filho,32, foi preso pelo assassinato da esposa dele, identificada como Jacira de Souza Lima, que tinha 32 anos.

De acordo com a delegada Marília Campello, Augustinho foi preso na Avenida Autaz Mirim, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.

Já o crime ocorreu na madrugada da última segunda-feira (31), no município de Careiro Castanho. O homem deferiu cerca de 50 facadas na companheira, sendo 30 delas apenas no rosto.

Jacira, antes de falecer, ainda deixou um recado para a irmã.

“Eu estava dormindo e fui acordada pelos gritos. A minha sobrinha entrou desesperada dizendo que o pai tinha furado a mãe dela. Quando cheguei na casa, minha irmã ainda estava viva e me fez um pedido: ‘Estou toda furada, minhas tripas estão para fora. Cuida dos meus filhos’. Em seguida minha irmã morreu abraçada comigo”.

De acordo com a irmã da vítima, Jacira já vivia neste relacionamento abusivo por 15 anos. No entanto, não chegou a denunciar Augustinho por se tratar do pai dos seus filhos.

Deixe uma resposta