Motoristas fecham a Avenida Djalma em manifestação contra o aumento no preço da gasolina. O litro do combustível está custando R$ 4,69 em alguns postos da capital. O ato teve inicio por volta das 15h em frente ao Posto 700.

“Estamos unidos com todas as categorias, caminhoneiros, mototaxistas, motoristas de táxis, aplicativos de mobilidade urbana, contra esse aumento abusivo do combustível. Todo dia é um valor diferente e estamos cansados disso”, comentou um dos organizadores o autônomo Lucas Souza Cruz, de 24 anos.

A organização ainda não divulgou números oficiais de quantos motoristas participam do protesto. O Instituto de Engenharia de Transito (Manaustrans) informou que irá monitorar o transito onde será realizado o ato.

Deixe uma resposta