O Governo do Estado emitiu nota sobre a “Operação Sangria” deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (08/10), a nota diz que a maioria dos servidores investigados pela Polícia Federal, não faz mais parte da estrutura do Estado. Outros não atuam como ordenadores de despesas ou não têm poder de decisão na estrutura do Estado ou da investigação em questão.

Confira a nota:

“O Governo do Amazonas informa que está contribuindo com a apuração dos fatos pela Polícia Federal e órgãos de controle e que a ação de busca e apreensão, desencadeada nesta quinta-feira (08/10), envolve, em grande parte, pessoas que já não fazem mais parte da estrutura de Governo, bem como servidores que não atuam como ordenadores de despesas ou tenham poder de decisão na estrutura do Estado ou da investigação em questão”

“O Governo do Estado reitera que tem atuado de forma transparente e que confia na Justiça”. 

Deixe uma resposta