O auxílio fardamento para policiais e bombeiros militares será pago neste mês. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (18) durante uma visita do governador Wilson Lima (PSC) ao Comando Geral da Polícia Militar. Cada agente terá direito ao valor de R$ 2.745 em recompensa aos gastos com as vestimentas para o trabalho.

“Estive hoje cedo no Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas para anunciar que os policiais e bombeiros militares começam a receber, nesse mês, o abono fardamento. Esse pagamento é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido por esses guerreiros, que deixam suas famílias todos os dias para proteger outras famílias do nosso estado”, redigiu o governador em uma rede social.

A Comissão de Policiais Militares alegam que cerca de 1,3 mil policiais militares haviam tido as promoções e auxílio fardamento publicadas, porém, os respectivos contracheques não foram atualizados considerando as novas patentes e os benefícios.

Caso gerou atrito na Aleam

A situação já havia criado atritos entre o comando da PM e a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) quando o deputado Wilker Barreto (Podemos) ingressou com um requerimento na Casa para convidar Coronel Ayrton Norte ao legislativo para esclarecer assuntos relacionados ao benefício, mas o pedido não foi acatado.

O desprestígio ao legislativo enfureceu os parlamentares que falaram até no “fechamento” da Casa pela falta de respeito ao requerimento. O coronel foi novamente convocado, agora para uma Audiência Pública que, no fim, se transformou em uma reunião à portas fechadas com a presidência.

 

Fonte: Real Time 1

Deixe uma resposta