Morreu nesta quarta-feira (18/11), o ex-policial militar Júlio Torres Tamatungo,  39, ele morreu no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na zona leste de Manaus, após ser atingido por dois tiros na cabeça na Travessa Ponce de Leon, no bairro Compensa 2, zona oeste, na manhã de hoje.

Testemunhas relataram que o ex-cabo caminhava quando passou a ser seguido por um homem, ainda não identificado.

O homem teria chamando por Júlio que ao virar foi atingido pelos tiros. O suspeito fugiu em seguida. Testemunhas disseram que escutaram cerca de cinco disparos, mas somente dois atingiram a cabeça de Júlio.

Uma viatura da Polícia Civil passava pelo local e isolou a área. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrer a vítima e a levar para o HPS João Lúcio, onde morreu no início da tarde.

O corpo do ex-cabo da Rocam foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Um inquérito será aberto na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) para investigar o caso.

Deixe uma resposta